EUA: Presidente da República em homenagem a Carlos Alhinho

. Publicado em 11ª Ilha

Jorge Carlos Fonseca é o convidado de honra de uma gala de angariação de fundos para edificar uma estátua do futebolista na cidade do Mindelo. Considerado o melhor jogador caboverdiano do século XX, Alhinho - que envergou as camisolas do Benfica, Sporting, Porto, Portimonense e Académica - foi também selecionador nacional de Cabo Verde e Angola


 

O Presidente da República, que se encontra nos Estados Unidos da América (EUA) para participar na Cimeira EUA-África, é o convidado de honra da Gala de Homenagem a Carlos Alhinho, que se realiza em New Bedford, no próximo sábado, 9.

Na homenagem àquele que é considerado o melhor jogador caboverdiano de futebol do século XX, falecido em 2008, o Chefe de Estado irá endereçar uma mensagem aos presentes, contribuindo para a angariação de fundos para a edificação de uma estátua de Carlos Alhinho na cidade do Mindelo.

Para além de Jorge Carlos Fonseca, estarão presentes o novo embaixador de Cabo Verde em Washington, José Luís Rocha, o cônsul geral em Boston, Pedro Graciano Cardoso e o mayor (presidente de câmara) de New Bedford, Jon Mitchell, entre outros.

Na gala irão atuar a irmã e a sobrinha do jogador, Teté e Sara Alhinho, subindo ao palco na companhia de outros artistas caboverdianos residentes nos EUA.

Carlos Alhinho teve uma fulgurante carreira internacional, que como jogador, quer como trinador. Enquanto jogador envergou, em Portugal, as camisolas do Benfica, Sporting, Porto, Portimonense e Académica. Como treinador, orientou as seleções de Cabo Verde e de Angola.

O jogador faleceu precocemente, em 31 de agosto de 2008, com apenas 59 anos, vítima de um acidente que o projetou pelo fosso de um elevador em Benguela (Angola).

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)