EM JANTAR COM A COMUNIDADE: Presidente do MpD abraçado por cerca de 500 crioulos em Roma

Escrito por Editor JSN . Publicado em 11ª Ilha

Ulisses Correia e Silva jantou com cerca de cinco centenas de emigrantes, e apelou a um maior envolvimento dos emigrantes às várias causas do país, e lembrou que Cabo Verde não tem outra cor que não o azul da bandeira

 


Em jantar muito concorrido, o presidente do Movimento para a Democracia reuniu-se na última noite com os cabo-verdianos de Roma, com quem jantou e trocou algumas impressões acerca do país, tendo focalizado no futuro e exortado todos os participantes a empenharem-se, ainda mais, no desenvolvimento de Cabo Verde.


Falando acima de tudo como cabo-verdiano, o também presidente da Câmara da Praia acentuou que “a nossa missão é servir Cabo Verde”, e lembrou que o MpD enquanto partido político persegue uma causa, que é “desenvolver” o conjunto das dez ilhas. “E temos um propósito, que é trabalhar para chegar ao poder e cumprir o nosso programa”, acrescentou.


Ulisses Correia e Silva considerou que o país não tem que ser dividido por causa das opções político-partidárias de cada cidadão, mormente dos emigrantes, e afastou a ideia de um país fragmentado em função das cores partidárias. “Cabo Verde é azul da nossa bandeira que nos une a todos”, afiançou, para de seguida enfatizar que “unidos, somos mais fortes”.


“O sentimento de cabo-verdianidade não pode ser dividido porque somos de um ou outro partido”, observou, finalizando que o país precisa do concurso de todos para o seu continuado processo de desenvolvimento.


Hoje, Ulisses Correia e Silva prossegue a sua visita a Itália, conferindo posse ao novo coordenador do MpD Itália e à nova comissão política local, evento marcado para as 15 horas locais, no Teatro Cassia.
 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)