Dom Ildo rezou em ação de graças pela independência de Cabo Verde

Escrito por Editor JSN . Publicado em 11ª Ilha

Foi em Lisboa, numa paróquia dedicada a Nossa Senhora de Fátima que o bispo de Mindelo rezou em ação de graças pelos 40 anos de independência nacional. A igreja foi pequena para acolher tantos crioulos em ação de graças



O bispo de Mindelo prossegue a sua missão pastoral junto da nossa diáspora. Depois dos Estados Unidos, Dom Ildo chegou a Portugal onde este domingo presidiu a uma solene eucaristia em ação de graças pelos 40 anos da independência nacional.

A missa aconteceu na igreja de Nossa Senhora de Fátima, na Cova da Piedade/Laranjeiro, que se mostrou pequena para acolher tantos cabo-verdianos e amigos de Cabo Verde.

Em declarações ao A BOLA, o prelado observou ser o 5 de Julho uma “data histórica” para os cabo-verdianos. “É uma alegria enorme reencontrar as nossas gentes e saber que ainda conservam valores como a fé, a tradição e a cultura. Um povo que tem fé é um povo mais elevado e abençoado”, sublinhou nas declarações que vimos citando.

No final da missa e bem ao seu estilo, Dom Ildo Fortes esteve à conversa com os conterrâneos a quem transmitiu mensagens de confiança no país e considerou de “gratificante” o encontro que foi tendo com as pessoas.

Quem também se regozijou com a presença do bispo de Mindelo é o pároco daquela comunidade. José Pinheiro que concelebrou com Dom Ildo disse mesmo estar “muito contente” com a presença do prelado.

“A comunidade de Cabo Verde é muito importante nesta paróquia”, enfatizou assegurando que os crioulos chegam a Portugal e não abandonam o catolicismo.

 

 

Redação

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)