Famílias cabo-verdianas “compulsivamente desalojadas” em Santa Filomena, Portugal

Escrito por Editor JSN . Publicado em 11ª Ilha

São, para já, quarto famílias que foram “compulsivamente desalojadas” esta terça-feira de suas casas no bairro Santa Filomena. Ao que consta não foram criadas condições alternativas de realojamento

 


É um novo episódio que envolve famílias naturais de Cabo Verde a residir em Portugal. Desta feita quatro famílias foram despejadas de suas casas, em Santa Filomena.


A denuncia é do deputado a Nação pela Europa que diz ter tomado conhecimento do caso esta manhã, a partir da Cidade da Praia onde participa nos trabalhos parlamentares.


Emanuel Barbosa avança que são “mais quatro famílias cabo-verdianas que estão neste preciso momento (estão) a serem compulsivamente desalojadas das suas casas no bairro Santa Filomena sem terem sido criadas nenhuma alternativa de realojamento. Foram, literalmente, colocadas no olho da rua”, denuncia o parlamentar que já expressou solidariedade às vítimas.


“Qual a razão deste tratamento? E o que é feito da embaixada e do governo de Cabo Verde?”, questiona o deputado que se diz envergonhado pelo tratamento que o governo de Cabo Verde dispensa a este tipo de casos. “Envergonho-me imensamente do atual governo de Cabo Verde protagonizado pelo PAICV que não defende os seus quando é preciso. Um governo que não dignifica Cabo Verde e os cabo-verdianos. Um governo mau para com os seus”, condenou.

 

AC

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)