Zika: Universidade canadiana faz primeiro teste em humanos de vacina contra o vírus

Escrito por Editor JSN . Publicado em 11ª Ilha

Uma universidade canadiana anunciou hoje que irá realizar o primeiro teste no mundo em humanos de uma vacina contra o vírus Zika

 


A vacina que se está a desenvolver será administrada em seres humanos "nos próximos dias", de acordo com um comunicado da Universidade de Laval, que se localiza na cidade do Quebec, na província com a mesma designação.


“Estamos muito orgulhosos de fazer parte da primeira equipa internacional do mundo a completar todas as etapas do processo de regulamentação" da vacina, disse Gary Kobinger, doutor em microbiologia e professor de medicina na universidade, que está a supervisionar o estudo.


Kobinger sublinhou que o desenvolvimento desta vacina contra o Zika foi autorizado pelas agências reguladoras do setor no Canadá (Health Canada) e nos Estados Unidos (FDA).


O Zika é um vírus transmitido pela picada de mosquitos e não existe um tratamento ou uma vacina para a doença.


Kobinger, uma autoridade global em vacinas, é investigador no CHU, um centro hospital ligado à universidade. O CHU está a conduzir o estudo em colaboração com dois centros nos Estados Unidos.


Mais de uma dúzia de empresas farmacêuticas, incluindo a francesa Sanofi e a indiana Bharat Biotech, estão a trabalhar no desenvolvimento de uma vacina contra o Zika, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).


A OMS previu um crescimento acentuado do surto nas Américas, com até quatro milhões de pessoas infetadas.


O vírus espalhou-se rapidamente pela América Latina, com um grande número de casos no Brasil.

 


Lusa

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)