Edil do Tarrafal e ministra das comunidades satisfeitos com adesão dos emigrantes

Escrito por Filipe Mandl . Publicado em 11ª Ilha

Para José Freitas de Brito e Fernanda Fernandes o I Encontro de Emigrantes do Tarrafal saldou-se pelo êxito.

Com o Centro Cultural Paulino Vieira lotado com a presença de patrícios residentes na União Europeia e nos Estados Unidos da América, o evento da última quinta-feira, 15, superou a todas as previsões. "Foi bom e a adesão dos emigrantes foi grande", reagiu o presidente da Câmara Municipal, satisfeito com a “adesão em massa” no Encontro que ocorreu no Dia do Emigrante.
"Quisemos estar com os emigrantes, ouvir os seus constrangimentos e auscultar as suas ideias”, acentuou José Freitas de Brito sustentando um maior envolvimento dos nossos patrícios da Diáspora no processo de desenvolvimento do município. Brito valorizou, ainda, o facto de o governo, através da ministra das Comunidades, se ter associado ao evento.

Fernanda Fernandes registou, por seu turno, todas as preocupações expressas pelos emigrantes no Encontro, destacando que estes têm um importante papel no processo de desenvolvimento das regiões do país. “Falou-se aqui das oportunidades de negócio que existem e da necessidade de mudarmos a nossa forma de fazer as coisas, nomeadamente, a nível do investimento”, acentuou a ministra das Comunidades. Entusiasmada com o nível de participação dos emigrantes, Fernanda Fernandes considerou ter sido "um bom encontro, até pela quantidade de pessoas e qualidade das questões colocadas".

A ideia do Dia do Emigrante é uma aposta da equipa municipal, desde há um ano, por altura da tomada de posse, mas a iniciativa foi consensualizada com as comunidades em Itália, Luxemburgo, Bélgica e Holanda, aquando do recente périplo europeu (entre fevereiro e março) do presidente José Freitas de Brito, e a data (15 de agosto) foi formalmente decidida em junho, numa sessão ordinária da vereação.

Após o Encontro, seguiu-se uma visita guiada a Morrinho das Pedras e Cacimba, encerrando o Dia do Emigrante com um almoço de confraternização em Ribeira Prata, ao som da música da nossa terra e apaladado com a rica gastronomia da região.

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)