EXPORTAÇÕES: Música cabo-verdiana gerou 6 milhões de euros

. Publicado em Cultura

 

Logo a seguir ao primeiro produto de exportação média do país – o pescado -, surge a música como grande fator de receitas. E, aludindo a um estudo do Governo que está em fase de ultimação, Mário Lúcio Sousa refere ter ficado surpreendido


 

Nos últimos anos, a música de Cabo Verde gerou 6 milhões de euros em matéria de exportações, correspondente a 1,14 por cento do Orçamento Geral do Estado para 2014. A informação foi dada ontem pelo ministro da Cultura.

Mário Lúcio Sousa antecipava os resultados de um estudo, em fase de conclusão, que o Governo está a elaborar, tendo em vista avaliar o impacto da Cultura na Economia cabo-verdiana. "Ainda não temos a conclusão do estudo, mas, durante a sua elaboração, tivemos várias surpresas. Uma delas é que o primeiro produto de exportação média nos últimos anos foi o pescado e, em segundo, foi a música. Esses dados foram fornecidos pelos vários produtores que trabalham com a música", disse o ministro, falando com os jornalistas à margem da apresentação pública do CRIE, um programa do seu ministério, da União Europeia (UE) e da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) destinado ao apoio de artesãos e do artesanato de Cabo Verde, orçado em 282 mil euros e quase totalmente financiado pela UE.

com Lusa

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)