RITMO DE CRESCIMENTO: Conjuntura desfavorável no Turismo

. Publicado em Economia e Negócios

A “menina dos olhos” da economia cabo-verdiana começa a ressentir-se dos efeitos da crise, mas também do excesso de burocracia e de regulamentações no setor. E nem mesmo o comércio em feira escapa à tendência descendente, acentuando a quebra galopante do poder de compra dos consumidores


 

O setor do Turismo, embora tardiamente, começa a revelar os efeitos da crise, mas também por outras razões mais de natureza nacional, como se pode ver no Inquérito de Conjuntura às Empresas, da responsabilidade do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o documento, correspondente ao primeiro trimestre deste ano, as razões da tendência descendente do setor, têm a ver com dificuldades financeiras dos empresários, bem como com o excesso de burocracia e de regulamentações que as entidades públicas têm vindo a introduzir, dificultando a atividade dos operadores e revelando uma conjuntura desfavorável relativamente ao mesmo período de 2013.

Por outro lado, os empresários queixam-se da falta de pessoal com formação qualificada, o que vem pôr em causa os critérios que têm presido à formação académica e profissional, dando razão aos que vêm alertando para o problema de a formação não ter, nos últimos anos, correspondido às necessidades do mercado de trabalho.

Mais preocupante, ainda, é o facto de a tendência descendente se aplicar a todos os setores de atividade, à exceção do turismo residencial, com uma evolução favorável relativamente ao mesmo período do ano anterior, embora os empresários se queixem de dificuldades no acesso ao crédito.

Nem mesmo o comércio em feira, que nunca tinha sido afetado de forma expressiva e contrariava a conjuntura desfavorável de outros setores, escapou à quebra do ritmo de crescimento, acentuando a perda galopante do poder de compra dos cabo-verdianos.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)