GOVERNADOR DO BANCO CENTRAL: João Serra substitui Carlos Burgo

Escrito por Editor JSN . Publicado em Economia e Negócios

É o Primeiro-ministro que confirma, agora, a escolha de João Serra, depois de abortada a possibilidade Humberto Brito 

 


Depois de alguma polémica à volta da indigitação do ex-ministro do Turismo, Indústria e Energia, Humberto Brito, ao cargo de governador do Banco Central de Cabo Verde (BCV), o governo resolveu apontar um outro nome para chefiar aquela instituição financeira do país. Trata-se de João Serra, antigo ministro das Finanças que era, à partida, a primeira escolha do governo, conforme explica o Chefe do executivo cabo-verdiano.


“Tínhamos a preferência inicial pelo dr. João Serra, mas ele estava doente e mostrou-se indisponível, na altura, porque não tinha o domínio da sua situação de saúde que, entretanto, veio a evoluir e, neste momento, tem todas as condições para assumir a governação do banco”, confirmou José Maria Neves, adiantando que será solicitado uma audição ao parlamento para que, logo de seguida, João Serra seja nomeado governador do BCV.


José Maria Neves admite que houve muito debate à volta deste processo e a divisão da sociedade jurídica, motivo pelo qual recuou na decisão de manter o nome de Humberto Brito. “Tendo em conta que não podemos continuar a aguardar que haja entendimento em relação a essa questão, pedimos um parecer à Procuradoria-geral da República (processo que ainda não está concluído) e, decidimos, por isso, recuar nessa indigitação e indicar um novo governador”, justifica.


Ao longo do dia contamos trazer as reações à escolha de Serra.


HTM

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)