LIGAÇÕES MARÍTIMAS: São Vicente poderá ser entreposto para produtos brasileiros

. Publicado em Economia e Negócios

 

A partir de dezembro a ilha do Monte Cara passa a receber a visita mensal de um navio brasileiro que transporta produtos para a construção civil, vestuário, calçado, bebidas e produtos alimentares. Mas se tudo correr bem, o intervalo entre viagens poderá ser encurtado


Um empresário brasileiro decidiu apostar no mercado cabo-verdiano e inicia, já em dezembro, transporte marítimo regular entre Fortaleza (Brasil) e São Vicente. Roberto Marinho, da empresa Trade Brasil-Mix, declarou em exclusivo à RCV que tem pronto um navio, com carga lotada, que deverá partir para a ilha do Monte Cara até dia 20 do próximo mês. O empresário tem já um parceiro cabo-verdiano para representar a Trade Brasil-Mix no nosso país.

A intenção do empresário é ter o navio Agena (na foto) em São Vicente antes do final do ano. Nesta primeira viagem a carga é composta por ferro para construção, cimento e tintas, bem assim como calçado, vestuário, bebidas e produtos alimentares, com relevância para as frutas, ou não fosse o Seará, cuja capital é Fortaleza, o maior exportador brasileiro de fruta.

Se tudo correr como o previsto, o intervalo entre as viagens poderá ser reduzido, dependendo da reação do mercado cabo-verdiano, e a intenção é, a prazo, transformar o Mindelo em entreposto comercial de produtos brasileiros, muito apreciados em Cabo Verde.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)