Tarifas da TACV gera debate no parlamento

Escrito por Editor JSN . Publicado em Economia e Negócios

Situação e oposição esgrimiram posições diferentes num debate que chegou ao parlamento pelos eleitos pelo círculo das Américas. Cristiano Monteiro (MpD) e Sidónio Monteiro (PAICV) estiveram em sintonia num tema que vem dividindo a sociedade

 



Em duas declarações feitas esta segunda-feira no início da sessão de junho da Assembleia Nacional, os deputados da Nação Cristiano Monteiro e Sidónio Monteiro, eleitos pelo círculo das Américas denunciaram os elevados custos nas rotas Providente/Praia, pela transportadora de bandeira nacional, e alertaram para o facto de estes preços serem proibitivos para a maior parte dos cabo-verdianos.

O eleito do MpD diz mesmo que não se pode continuar com estes preços, atualizados à revelia da autoridade aeronáutica civil, enquanto o eleito do PAICV fala em tarifa “exorbitante”.

Entre as posições surge a UCID que na opinião do seu presidente e também deputado da Nação, António Monteiro, entende que o governo deve interferir para pôr cobro à situação. Monteiro entende mesmo que o Primeiro-ministro deve liderar esse processo.

O governo, entretanto, prefere não intrometer na discussão alegando que as reguladoras são entidades independentes.

Janine Lélis, por sua vez, sustentou que a ação do governo deve ser sobre a TACV enquanto empresa regulada e não sobre a Agência de Aeronáutica Civil.

AC

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)