Combustíveis mais baratos apesar da adequação à taxa de IVA de 15 por cento

Escrito por Editor JSN . Publicado em Economia e Negócios

Os novos preços máximos dos combustíveis anunciados hoje, pela Agência de Regulação Económica (ARE), indicam “um decréscimo”, na maioria dos produtos petrolíferos, apesar da adequação à taxa de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) de 15%

 


O fuel 380 é o único produto petrolífero que subiu para 48,60 escudos/kg (+19,12%), de acordo com os novos preços máximos de venda ao consumidor final dos combustíveis regulados, que passam a vigorar de 01 de Janeiro a 07 de Fevereiro de 2016.

A gasolina, antes 107,40 escudos/litro, passa a custar, 106,90 e o gasóleo normal sobre uma redução de 0,34% e passa a ser vendido por 86,80 escudos/litro.

O gasóleo para a produção de electricidade passará a ser vendido a 72,20 escudos, sofrendo um decréscimo de 0,41% e o fuel 180 para 40,60 escudos/litro (-16,80%).

Os preços de gasóleo destinado a marinha nacional, de garrafas de 3kg e de 6kg mantém-se de acordo com a nova tabela divulgado pela ARE.

O gasóleo para a marinha nacional continua a custar 60,70 escudos/litro, as garrafas de 3 kg passam a custar 356 escudos, as de 6 kg,750 escudos.

As garrafas de 12,5 kg passaram a custar 1.562 escudos (-0,06%) e as de 55 kg desceram para 6.871 escudos (-0,09%).

A granel, o gás butano é vendido por 150.10 escudos (-0,08%) e o petróleo 73,40 escudos (-0,54%) por litro.

 

Inforpress

 

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)