PESCAS: Governo recupera velhas promessas

. Publicado em Economia e Negócios

 

Câmaras frigoríficas para conservação do pescado, renovação da frota pesqueira tradicional, entre outras, são garantias dadas pelo secretário de Estado dos Recursos Marinhos. As mesmas, aliás, que tinha dado no início de 2013. Entretanto, o setor continua em decadência


Adalberto Vieira, o secretário de Estado dos Recursos Marinhos, retomou uma velha promessa feita pelo governo todos os anos: a revitalização do setor nacional das pescas, nomeadamente, a introdução de um sistema alternativo à captura tradicional para contrariar a decadência desse importante setor da economia nacional verificada nos últimos anos.

Enfatizando a importância da Carta Política das Pescas avançada pelo Governo em 2013, o secretário de Estado disse que as suas orientações estão a ser cumpridas apenas faltando reforça-las, adiantando que, numa lógica de alternativa sustentável à pescas tradicional, o Instituto Nacional das Pescas, em São Vicente, está a implementar uma experiência-piloto com a espécie Pilápia, um peixe que consegue sobreviver em água doce, criando um habitat artificial para a sua reprodução intensiva.

Adalberto Vieira garantiu ainda que o Governo está à procura de financiamento para apetrechar várias centros piscatórios com câmaras frigoríficas, fundamentais para a conservação do pescado, bem assim como a renovação da frota de pesca artesanal.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)