Défice e produtividade são fatores decisivos para Cabo Verde - relatório

Escrito por Editor JSN . Publicado em Economia e Negócios

A consolidação orçamental e o aumento da produtividade são os dois principais fatores para garantir um crescimento económico sustentável em Cabo Verde, que deverá acelerar para 4% este ano, alicerçado no turismo e investimento estrangeiro

 

 


De acordo com o relatório African Economic Outlook (AEO), divulgado hoje na capital da Zâmbia pelo Banco de Desenvolvimento Africano, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico e pelas Nações Unidas, Cabo Verde deverá crescer em média, 4% neste e no próximo ano, acelerando face aos 1,8% de 2014 e 3,6% no ano passado, escreve á Lusa.


O documento informa que apesar do défice orçamental ter diminuído face aos elevados níveis recentes, a consolidação orçamental continua a ser uma prioridade para reduzir o risco de dívida exagerada, tranquilizar os investidores e garantir a estabilidade macroeconómica",
"A economia não atingiu ainda o potencial máximo devido à deflação e aos altos níveis de desemprego", lê-se no relatório que á Lusa teve acesso.


"O turismo e o investimento estrangeiro relacionado com este sector, incluindo a construção, continuam a ser os principais motores do crescimento", lê-se no documento, que salienta que "para além da eficiência do sector público, o crescimento a longo prazo depende do aumento da produtividade".


O documento, divulgado hoje em Lusaca, capital da Zâmbia, defende que a situação orçamental "melhorou ligeiramente em 2015 devido ao declínio do programa das parcerias público-privadas, mas continua vulnerável", diz o AEO, que nota que o défice deve cair de 7,4% em 2014 para 4% este ano.


Sobre a dívida pública, que deve ter subido de 97,4% em 2013 para 118% no ano passado, o relatório sublinha que grande parte da dívida é concessional (abaixo das taxas de mercado) e conclui que "os indicadores do serviço da dívida mostram que o país deve continuar confortável no cumprimento das obrigações do serviço da dívida".

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)