Portugal disponível para reforçar cooperação na segurança interna de Cabo Verde

Escrito por Editor JSN . Publicado em Economia e Negócios

Portugal mostrou-se disponível para reforçar a "já excelente" cooperação existente na área da segurança com Cabo Verde, disse hoje à agência Lusa, em Lisboa, o ministro da Administração Interna, Paulo Rocha

 

 

O ministro, que integra a comitiva do primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, na visita oficial de quatro dias a Portugal, falava à Lusa no final de uma reunião de mais de hora e meia com a homóloga portuguesa, Constança Urbano de Sousa, com quem debateu novas ações para Portugal apoiar o sector em Cabo Verde.


"As áreas, em rigor, estão identificadas. Agora é uma questão de incrementar a relação, particularmente a questão da Proteção Civil. Estamos a trabalhar um acordo de cooperação técnico-policial, que será assinado daqui a cerca de três meses na Praia, e que irá materializar tudo aquilo que temos vindo a conversar em matéria de cooperação", sublinhou o governante cabo-verdiano.


Paulo Rocha lembrou que Portugal tem dado um "apoio significativo" na qualificação de oficiais superiores da Polícia Nacional (PN) de Cabo Verde, através do Instituto Superior de Polícia (ISP), destacando que, entre as áreas para as quais se pensa reforçar a cooperação, estão as ligadas à Proteção Civil, no quadro da nova visão sobre segurança pública do novo executivo cabo-verdiano, empossado a 22 de abril último.


A cooperação técnico-policial, a formação da PN, os desafios do policiamento de proximidade, a questão da cidadania foram outros dos temas analisados entre os dois ministros, acrescentou Paulo Rocha.

O ministro da Administração Interna, disse á Lusa que a homóloga portuguesa mostrou-se disponível para apoiar Cabo Verde nos esforços em curso para que se dê um "salto qualitativo" na investigação criminal e na qualidade da investigação criminal, no modelo organizativo, na instrução processual, na preservação da custódia da prova e na montagem do processo.


Sobre o atual estado da segurança em Cabo Verde, o recentemente empossado ministro indicou que a situação "está claramente sob controlo", embora tenha reconhecido que o crime contra o património, ou o assalto na via pública, continua a constituir o principal problema do país, sobretudo na Praia e Mindelo (ilha de São Vicente).

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)