China perdoa dívida e doa dinheiro a Cabo Verde

Escrito por Editor JSN . Publicado em Economia e Negócios

A China vai perdoar 1,54 milhões de dólares de dívida a Cabo Verde e doar-lhe outros 15,4 milhões. A informação foi avançada em Macau, no final de um encontro entre os primeiros-ministros dos dois países

 


De acordo com o primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia da Silva, Li Keqiang "anunciou um perdão de dívida pública de Cabo Verde com a China" vencida até 2015, no equivalente a cerca de 1,37 milhões de euros, "o que cria folga orçamental e financeira para que os recursos possam ser aplicados em projetos, nomeadamente sociais".


Pequim vai também apoiar Cabo Verde "no desenvolvimento de um programa de reabilitação de casas de pessoas mais carenciadas", em diversas cidades do país, e reforçar as bolsas de formação na China destinadas a jovens cabo-verdianos.


Ulisses Correia e Silva informou ainda que qualificou como “muito produtivo”, que “a China vai apoiar Cabo Verde no desenvolvimento de um grande projeto, que é a criação de uma zona económica especial em S. Vicente, ligada à economia do mar e à criação de uma base logística para o apoio à atividade de pescas”, informa á Lusa.


“Queremos atrair mais investimento direto estrangeiro, nomeadamente o chinês, queremos que esses investimentos tenham efeito reprodutivo na economia de Cabo Verde, na criação de oportunidades de emprego e no apoio ao crescimento económico do país”; acrescentou.


Ulisses Correia da Silva e Li Keqiang encontram-se em Macau, onde decorreu este encontro bilateral, para participar na V conferência ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, conhecido como Fórum Macau.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)