EDITORIAL: A verdade, doa a quem doer

. Publicado em Editorial

 

Esperamos não frustrar as expetativas dos leitores, e assumimos desde já o compromisso solene em fazer deste jornal um espaço de liberdade e voz ativa e irreverente dos que não têm voz, dizendo sempre a verdade


 

Alforge de grandes intelectuais e ilha assumidamente de Cultura, São Nicolau – pese embora o atraso a que a têm votado – comporta ainda a fleuma dessa revigorante e insubmissa leva de intelectuais e artistas que transportaram o nome da ilha para várias paragens, tantas vezes levada nas sacolas dos emigrantes que se fizeram a este nosso imenso mundo com o heroísmo de quem busca para si e para os seus o pão honesto e digno de cada dia.

Jornal de São Nicolau é um novo projeto de comunicação social que pretende dotar a ilha do Chiquinho de um instrumento de ligação entre as comunidades, dando voz aos seus queixumes, alegrias e desejos fazendo deste jornal a voz dos que nem sempre a têm e questionando - em nome da cidadania ativa que defendemos - os poderes públicos, mobilizando vontades individuais e o querer coletivo para que o sufrágio se não fique apenas pelo espaçamento longo de quatro em quatro anos, e colocando ao serviço do poder local, dos seus eleitos e das populações, um instrumento plural da afirmação dos valores, da identidade, da cultura e das mundivivências da ilha, como aliás está bem expresso no nosso Manifesto Editorial.

Jornal de São Nicolau vê hoje a luz do dia na sua versão online, uma componente fundamental para dar a conhecer a ilha e as suas vivências, mas também expressão deste mundo global em que vivemos e mais um meio de quebrar o isolamento.

Enquanto projeto editorial, pretendemos avançar tão rápido quanto possível com uma edição em papel, com periodicidade mensal – mas apenas com distribuição na ilha -, trazendo à estampa grandes dossiês sobre o pulsar coletivo e as vivências dos saniculaenses.

Por opção editorial resolvemos publicar no jornal todos os textos entretanto editados na página da rede social Facebook (anteriores a 14 de outubro), que animamos durante mais de um mês e que constituem memória viva dos primeiros passos dados por este projeto.

Esperamos não frustrar as expetativas dos leitores, e assumimos desde já o compromisso solene em fazer deste jornal um espaço de liberdade e voz ativa e irreverente dos que não têm voz, dizendo sempre a verdade - doa a quem doer.

António Alte Pinho | Editor | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.">Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)