TARRAFAL: Inspetora-geral da Saúde reconhece os problemas e promete soluções

. Publicado em São Nicolau

Foi um debate aberto e franco entre a população e Mercildes Costa, que visitou o concelho após decisão de Cristina Fontes Lima, em resposta pronta a um abaixo-assinado que dezenas de tarrafalenses enviaram à ministra da Saúde reclamando contra as precárias condições do sistema no município


 

A reunião efetuada na tarde de segunda-feira, 25, entre a Inspetora-geral da Saúde e a população do Tarrafal foi considerada pelos subscritores do abaixo-assinado “muito positiva”. Hermínia Fortes, o rosto mais visível do grupo de subscritores, disse ao nosso jornal que Mercildes Costa (na foto) “reconheceu os problemas e prometeu encontrar soluções”, mas a nossa interlocutora adiantou também que os subscritores vão “continuar atentos, para que os problemas sejam resolvidos”. Uma atenção e preocupação bem expressa pelo número de participantes do encontro que encheram literalmente o Centro Cultural Paulino Vieira.

Inspetora-geral dá garantias de mudança

A decisão da ministra da Saúde em enviar a inspetora-geral ao Tarrafal para, in loco, tomar conhecimento das reclamações dos cidadãos, foi muito valorizada pelos subscritores do abaixo-assinado que gostaram da atitude de Cristina Fontes Lima. E Mercildes Costa respondeu uma a uma às preocupações da população, reconhecendo a razão das reclamações e garantindo tudo fazer para que os problemas sejam torneados.

Desde logo, três boas notícias foram recebidas pelos tarrafalenses: o Raio X já funciona na Ribeira Brava – como aliás, a ministra já tinha prometido no final de abril -, a Lei das Prescrições, que impede os enfermeiros de passarem receitas, vai ser rapidamente revista e o processo para efetuação de análises clínicas vai ser agilizado. Por outro lado, a inspetora-geral da Saúde garantiu que brevemente o Tarrafal será dotado da prestação de mais enfermeiros e que deverá ser equacionada a possibilidade de o município (com mais de seis mil habitantes) ter ao seu serviço mais de um médico (atualmente dispõe de apenas um), já que a prestação de um único clínico se manifesta insuficiente para atender às necessidades dos tarrafalenses. O sistema de teleconsulta vai, finalmente, começar a funcionar permitindo aos utentes consultas em tempo real com especialistas dos hospitais de São Vicente e da Praia

Quanto ao INPS, a responsável pelo setor da Saúde deste instituto público reconheceu também haver razão para as reclamações da população, confessou desconhecer alguns dos problemas apontados e prometeu tudo fazer para que os procedimentos sejam agilizados no sentido de ser prestado um melhor serviço aos segurados.

Momentos menos felizes

No entanto, o encontro registou momentos menos felizes, quando Mercildes Costa (visivelmente incomodada) pretendeu impedir o jornalista do JSN de proceder ao registo fotográfico, mas tendo cedido perante a atitude firme do profissional que remeteu a inspetora-geral para o direito - garantido por Lei - à liberdade de imprensa e ao exercício da atividade profissional dos jornalistas. Uma atitude também prosseguida pela representante do INPS, que disse não gostar de ser fotografada e tapou mesmo o rosto com um bloco de notas (na foto). O ato foi público e, como é bom de ver, os profissionais da comunicação social têm todo o direito à recolha de imagem e som, para além de os servidores públicos (como é o caso da inspetora-geral da Saúde e da diretora do INPS) serem obrigados por Lei a facilitar e garantir o acesso aos profissionais da comunicação social. É sempre triste quando altas responsáveis da Administração Pública não percebem que Cabo Verde é um Estado de Direito onde está constitucionalmente garantida a liberdade de informação.

Momentos infelizes que, no entanto, não desilustram o essencial: o encontro foi muito positivo, a inspetora-geral revelou uma atitude dialogante com a população, e demonstra que a vontade dos cidadãos pode mudar o curso dos acontecimentos. Assim eles o queiram.

Notícias relacionadas

TARRAFAL: Ministra da Saúde envia inspectora-geral para avaliar queixas dos cidadãos

TARRAFAL: Cidadãos indignados com precárias condições da Saúde

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)