Presidente da república de férias em São Nicolau

Escrito por Filipe Mandl . Publicado em Lazer

Jorge Carlos Fonseca escolheu quatro dias de férias para passar em São Nicolau.

O Presidente da República chegou na última sexta-feira, 16, ao aeroporto da ilha do Chiquinho, sendo recebido pelos presidentes das autarquias da Ribeira Brava e Tarrafal, respetivamente, Américo Nascimento e José Freitas de Brito.

Até este domingo, o Chefe de Estado esteve instalado na cidade da Ribeira Brava mas já se encontra na cidade do Tarrafal na companhia da esposa, Lígia Lubrino Dias, e da filha mais nova, Rita Fonseca.
Desde que tomou posse como Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas, Jorge Carlos Fonseca tem optado por passar as suas férias no arquipélago, no que é entendido como uma forma de chamar a atenção mediática paras as realidades locais e, no intervalo do descanso, estabelecer contactos com as autoridades locais, com amigos e cidadãos anónimos.

Este sábado, 17, Jorge Carlos Fonseca registou e partilhou publicamente os primeiros momentos de férias, através da sua página pessoal no Facebook: “Passei hoje o primeiro de 4 dias em S. Nicolau, em férias. No Parque natural de Monte Gordo, no Juncalinho e num olhar pela ‘Lagoa’ (na foto), com passagens pelo centro de Ribeira Brava. Mas também o imenso mar, quase totalitário mas generoso e frásico, pedras e rochedos (os tais de que Abílio Duarte, em sua fina e funda ironia, falava como sendo as causas ‘impensáveis’ da luta – ‘andamos a lutar por estes calhaus?!’), sim, mas que parecem ter rostos desenhados na basáltica ternura de montes e de lindos olhos de crianças de todas as cores, de cores impossíveis de conjugar. Há Gabriela e Gabriel, Roberto, velhas de canhoto na boca, Alcília, sorrisos fartos e doces, Francisco, Neuza, doces de toda a casta, ribeiras de esperança, Nhô Balta, bustos discretos, Paulino Vieira, mulheres de vento e saia generosa, príncipes e guitarristas. Como não nos damos conta da beleza destas ilhas!”, escreve o Presidente da República.

Antes de partir para o Tarrafal, Jorge Carlos Fonseca teve ocasião de visitar o edifício do antigo seminário-liceu, na Ribeira Brava, e de conversar com Frei Pinto.

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)