CPLP: Ditador Obiang chamado à tribuna da cimeira de Díli

. Publicado em Mundo

O presidente da Guiné Equatorial foi o primeiro Chefe de Estado a chegar a Díli, fazendo-se acompanhar de numerosa delegação. Questionado se estava satisfeito com a entrada do seu país na organização lusófona, o ditador respondeu: “sim, sim, muito satisfeito”


 

Embora a entrada da Guiné Equatorial só fosse discutida, em sessão restrita, após a cerimónia solene de abertura da X Conferência de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Teodoro Obiang Nguema (o primeiro presidente a chegar a Díli, acompanhado de numerosa delegação) foi chamado pela organização para a tribuna de honra sentando-se ao lado dos Chefes de Estado dos países membros.

Questionado pelos jornalistas se estava satisfeito com a entrada do seu país na CPLP, o ditador respondeu: “sim, sim, muito satisfeito”. Obiang (na foto, com o PM timorense, Xanana Gusmão) foi chamado à tribuna após os discursos dos presidentes de Timor-Leste e Moçambique (que até hoje assumiu a presidência da organização).

A conferência teve início às 10 horas locais (zero horas em Cabo Verde), acolheu os presidentes da Guiné Equatorial e da Guiné-Bissau com grandes aplausos, e assinala o início da presidência timorense da CPLP.

À margem da conferência, o Presidente Jorge Carlos Fonseca teve ocasião de ter, segundo as suas palavras, “uma conversa descontraída mas muito positiva com o Chefe de Estado timorense [Taur Matan Ruak] a propósito da colocação, em Timor, de quadros caboverdianos”, nas áreas da administração, educação e justiça, bem assim sobre os “acordos agora assinados entre os dois ministros responsáveis pelas relações externas”. No rescaldo da conversa, Fonseca disse ainda que “o Presidente Ruak é, sem dúvidas, um amigo de Cabo Verde”. O presidente participou também, juntamente com os outros Chefes de Estado, na simbólica inauguração da “Ponte da CPLP”.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)