Português António Guterres deve continuar à frente do ACNUR

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

Desejo de Ban ki-mon é alargar o mandato do antigo primeiro-ministro português de julho para dezembro do ano em curso. A confirmar, pode cair por terra eventual candidatura presidencial

 


Portugal e alguns países da europa estão de acordo com o alargamento do mandato de António Guterres à frente do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, ACNUR, conforme propõe o Secretário-geral das Nações Unidas.
Ban Ki-moon está a fazer consultas antes de anunciar a decisão de manter o antigo primeiro-ministro de Portugal nas suas funções junto daquele organismo da ONU.

Em Portugal, entretanto, algumas vozes admitem que se Guterres mantiver no cargo conforme desejo do Secretário-geral da ONU, pode cair por terra a sua possível candidatura presidencial, em 2016.

António Guterres nunca admitiu em público essa possibilidade mas setores do Partido Socialista, do centro esquerda e direita admitem que o ex- chefe do governo de lisboa é uma forte possibilidade. Aliás, o nome de António Guterres aparece bem cotado em várias sondagens.

A eleição presidencial em Portugal está marcada para janeiro do próximo ano.

AC

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)