Brasileiro morre em pleno voo com 56 mil euros de cocaína no estômago

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

Cidadão brasileiro voava de Lisboa para Dublin, com cerca de 80 sacos de cocaína no estomago. Uma das saquetas arrebentou o que terá provocado a sua morte. Uma outra passageira, de nacionalidade luso-angolana, foi também detida por suspeita de tráfico de drogas

 

 

Um brasileiro de 24 anos de idade, identificado como John Kennedy Santos Gurjao, que seguia voo a bordo de um aparelho da Aer Lingus, com destino a Dublin, morreu domingo em pleno voo, depois de um dos oitenta sacos de cocaína que ele transportava no interior do seu corpo arrebentou em pleno voo.

A polícia irlandesa estima que a cocaína está avaliada em 56 mil euros (aproximadamente seis mil contos). A autópsia realizada ao cadáver do passageiro confirmou que se tratava do “ouro branco”.

Ainda em voo, o jovem começou a passar mal, sofreu uma convulsão violenta, teve de ser assistido, exaltou, amordaçou um outro passageiro e teve de ser imobilizado por outros passageiros. O comandante do voo declarou emergência médica e desviou o aparelho para Cork de onde os restantes passageiros seguiram de autocarro para Dublin.

Entretanto, uma mulher luso-angolana de 40 anos foi também detida por suspeita de tráfico de drogas. Levava com ela dois quilos de anfetaminas.

 

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)