Corrupção “é como o açúcar” – Papa Francisco

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

No último dia de visita ao Quénia, Francisco faz uma forte comparação entre a corrupção e o açúcar e avisa que a corrupção “entranha” nas pessoas para destruir tudo

 


Foi durante um importante encontro mantido com os jovens do Quénia, na capital Nairobi, que o Santo Padre teceu tal consideração, alegando que a corrupção “é como o açúcar”, algo que “entranha em nós”, acrescentou.


Francisco que termina hoje a sua visita ao Quénia, primeira etapa de uma missão em África, advertiu que a corrupção não é um exclusivo do poder político. “Não é só na política. Em todas as instituições, incluindo no próprio Vaticano, há corrupção”, disse o Papa, que por outro lado disse que de cada vez que aceitamos um suborno e o levamos ao bolso, “destruímos o nosso coração, destruímos a nossa personalidade e o nosso país”.


Milhares de jovens escutaram esta catequese do Papa que segue hoje para o Uganda, onde cumpre a segunda etapa de uma histórica e simbólica visita ao continente.

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)