Mundo vive num caos – António Guterres

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

Constatação do português que já chefiou o ACNUR foi feita esta manhã durante um seminário diplomático na capital lusa. António Guterres admite que os massacres têm nos dias de hoje “maior visibilidade”

 


O antigo alto comissário das Nações Unidas para os refugiados, o português António Guterres, disse esta manhã em Lisboa que vivemos “num mundo caótico”, em que a capacidade internacional de parar conflitos “diminuiu”.


Vivemos num mundo de “imprevisibilidade, com a proliferação de conflitos, mais violações de direitos humanos”, reforçou, ainda, admitindo que os massacres têm hoje “maior visibilidade” ao mesmo tempo que quase duplicou o número de refugiados na última década, passando de 36 milhões para 60 milhões de deslocados no final de 2014.


António Guterres que chefiou o ACNUR nos últimos dez anos e que falava esta terça-feira num seminário diplomático cuja plateia era essencialmente formada por embaixadores, diplomatas e altos funcionários, adiantou que em 2015 houve um aumento na ordem dos 5 por cento do número de refugiados e em mais de 80 por cento de pedidos de asilo e a “tendência para o agravamento mantém-se”, avisou.

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)