Papa Francisco contra “feitores de escravos” do capitalismo

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

Na sua peregrinação pelo México, o Papa Francisco esteve nesta quarta-feira em Juarez, junto à fronteira com os Estados Unidos, levantando aí a sua voz contra os “feitores de escravos” a quem, segundo ele, Deus exigirá contas

 

O Papa Francisco adiantou que “o fluxo de capital não pode decidir o fluxo das pessoas”.

Segundo a Voz da América (VOA), Juarez é marcada pelo crime e considerada a “cidade mais violenta do mundo”, com um passado de guerras civis, tendo sido um baluarte da revolução mexicana. Foi aí que o Santo Padre se dirigiu aos empresários e representantes dos trabalhadores, atacando a “mentalidade predominante que defende os maiores lucros possíveis, de forma imediata e a qualquer custo”.

No último dia da sua visita ao México, o Sumo Pontífice denunciou “a exploração dos empregados como se fossem objetos para ser usados e descartados” e afirmou que o melhor investimento que as empresas podem fazer para ajudar a sociedade é nas pessoas e nas famílias.

 

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)