Três guineenses detidos por ligações à Al-Qaeda

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

Três cidadãos de nacionalidade guineense estão detidos por suspeita de terem sido treinados pela Al-Qaida no Magrebe Islâmico (AQMI), naquele que é o primeiro caso do género no país


Os homens com idades entre os 25 e os 34 anos, sem profissão conhecida, foram detidos entre janeiro e fevereiro pela Polícia Judiciária (PJ) guineense por terem participado na fuga de um mauritano, condenado por terrorismo, que cumpria prisão perpétua, informa á Lusa.

Durante os interrogatórios, os suspeitos afirmaram que foram treinados, em 2009, numa base da Al-Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) em Kidal, no norte do Mali.

De acordo com a mesma fonte, os treinos poderiam servir para os três homens combaterem noutro local pela causa ‘jihadista’, ou para angariarem mais membros na Guiné-Bissau.

A investigação está a decorrer e os suspeitos aguardam agora a audição por um juiz de instrução criminal que decretará as respetivas medidas de coação.

 

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)