SUAVE REVOLUÇÃO: Papa na capa da Rolling Stone e super-herói em grafiti

. Publicado em Mundo

 

A revista norte-americana não se poupa a elogios a Francisco, considerando estar a fazer uma suave revolução na Igreja Católica. Por outro lado, numa parede próxima da Basílica de São Pedro apareceu uma misteriosa pintura onde o Bispo de Roma surge voando, numa identificação iconográfica ao Super-Homem


O Papa Francisco é a figura de capa da última edição da prestigiada revista norte-americana Rolling Stone, e super-herói num grafiti (na foto) feito numa parede de Roma (Itália) próxima do vaticano.

Na capa da revista quinzenal que, por norma, aborda questões relacionadas com a cultura, mas também com a economia e a política, a foto do Bispo de Roma tem a companhia do título de um referencial tema do cantor e compositor norte-americano, Bob Dylan, conhecido pela sua rebeldia: “The Times They Are a-Changin”.

Suave revolução

De facto, os tempos estão a mudar na Igreja Católica, o que vem sendo reconhecido mesmo em setores até agora adversos à instituição milenar. E a Rollig Stone acentua essa ideia no longo perfil de Francisco, colocando um  sugestivo subtítulo: “Por dentro da suave revolução do Papa”.

No artigo, escrito pelo jornalista Mark Binelli, as comparações são inevitáveis – uma situação recorrente entre os que olham a Igreja de fora – com o seu antecessor. Segundo Binelli, este Papa é diferente do outro e protagonista das mudanças operadas na visão de católicos e não católicos sobre a Igreja.

O jornalista alude ao “papado desastroso” de Bento XVI e considera que “o domínio que Francisco tem em competências básicas, como sorrir em público, parece um pequeno milagre para o católico típico. Mas ele tinha mudanças bem mais radicais em mente”, e faz referência à postura suave do Papa no que respeita à homossexualidade, relembrando a resposta de Francisco que, quando questionado sobre padres gays, respondeu interrogando: “Quem sou eu para julgar?”.

No perfil do Bispo de Roma, o jornalista traça o retrato de “um homem cuja óbvia humildade, empatia e, sobretudo, devoção para com os que são economicamente desfavorecidos parecem perfeitamente adequadas aos nossos tempos”, pode ler-se na publicação.

Super-Francisco

O Vaticano postou na sua conta da rede social Twitter a foto de um grafiti que apresenta o Papa como um super-herói, uma pintura misteriosamente aparecida numa parede próxima da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

A imagem de Francisco surge a voar, numa identificação iconográfica com o Super-Homem, pegando numa pasta onde se lê a palavra “valores”, que tem o mesmo significado em castelhano e português.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)