EUA: Acusação pede pena de morte para suspeito do atentado de Boston

. Publicado em Mundo

 

Apesar de sempre se ter declarado inocente, dificilmente o jovem tchetcheno Dzhokhar Tsarnaev se livrará da acusação de mais de trinta crimes, entre eles o homicídio de cinco pessoas, entre as quais um agente policial


A acusação no processo do atentado de Boston, nos Estados Unidos da América (EUA), acorrido a 15 de abril de 2013, no final da maratona daquela cidade norte-americana, pede a condenação à pena de morte do suspeito Dzhokhar Tsarnaev.

“A natureza da conduta do acusado neste caso e o mal que resultou levou-nos a esta decisão”, disse à imprensa o Procurador-geral dos EUA, Eric Holder.

No entanto, Tsarnaev, de 19 anos, natural da Tchetchénia, sempre se declarou inocente, negando qualquer responsabilidade na morte de quatro pessoas e nos ferimentos provocados em mais de duzentas, resultante da explosão de duas bombas de fabrico artesanal, bem como no assassinato de um polícia três dias depois do atentado, aquando da perseguição movida pelas autoridades. Neste processo, o jovem é acusado da prática de mais de trinta crimes.

Recordamos que Dzhokhar foi capturado, com ferimentos, no interior de um barco estacionado junto a uma habitação na cidade de Watertown, Massachussetts, e o seu irmão, Tamerlan Tsarnaev – também suspeito de participação no atentado –, foi abatido durante a perseguição policial.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)