Guterres diz que a CPLP tem “enormes possibilidades de se afirmar com mais intensidade”

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

O futuro secretário-geral da ONU defendeu este domingo que a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) tem "enormes possibilidades de se afirmar com mais intensidade" e fez votos que os Estados entendam tornar a organização "mais influente"

 


Guterres, que vai exercer funções como secretário-geral da ONU apartir de 1 de janeiro de 2017, diz que é necessário uma organização como a CPLP para responder aos problemas que se impõem a nível global, escreve á Lusa.


Disse também esperar que “os governos de todos os países assim o entendam e que esse esforço de dar à CPLP uma posição cada vez mais influente possa ser coroado de êxito”.


“Eu creio que, cada vez mais, os problemas são globais e as respostas são globais. E, por isso, uma organização universal como é a CPLP terá seguramente enormes possibilidades de se afirmar com mais intensidade no futuro”, António Guterres.


Para António Guterres, a CPLP pode ser "uma entidade que ajude a criar aqueles consensos indispensáveis para que os grandes problemas mundiais possam ser resolvidos e sobretudo para que as crises mais difíceis possam ser ultrapassadas".


"Um dos papéis que pode ter a CPLP é exatamente o de procurar junto de todos os seus membros fazer com que os direitos humanos sejam assumidos e respeitados", considerou.

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)