PIRATA ERA O CO-PILOTO: Avião sequestrado aterra em Genebra

. Publicado em Mundo

O aparelho seguia de Adis Abeba com destino a Roma, quando foi forçado a seguir para a Suíça. O co-piloto, que entretanto já se entregou às autoridades e não estava armado, aproveitou uma ida do comandante à casa de banho para tomar conta da aeronave, desconhecendo-se até ao momento as suas motivações


 

Um avião da companhia aérea da Etiópia, Ethiopian Airlines, que havia sido sequestrado, aterrou às primeiras horas desta segunda-feira, no Aeroporto Internacional de Genebra, Suíça. Um caso que está marcado pelo insólito, ou o pirata não fosse o próprio co-piloto da aeronave, segundo informação oficial.  

Aproveitando uma ida do comandante à casa de banho, o co-piloto tomou conta do aparelho, fez este aterrar e, depois, utilizou uma corda para se esgueirar pela janela.

Segundo um porta-voz da polícia da capital suíça, passageiros e tripulação nunca estiveram em risco, o pirata não se encontrava armado e já se rendeu às autoridades, refere a Rádio Renascença citando a agência Reuters.

Segundo um comunicado da companhia aérea iraquiana, o aparelho, que seguia da capital etíope (Adis Abeba) para Roma (Itália), aterrou em Genebra por volta das 5h30, após ter sido forçado a seguir para a capital suíça.

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)