ALERTA: Visita do Papa provoca violência no Chile

Escrito por Editor JSN . Publicado em Mundo

Há ameaças de ataque durante a visita apostólica de Francisco que inicia na próxima segunda-feira, 15

 


A próxima viagem que o Papa Francisco realiza ao Chile está a suscitar preocupações sobretudo ao nível da segurança, uma vez que tem havido incidentes no país.


A onda de violência teve na última sexta-feira, 12, o seu auge, com uma sequência de ataques a quatro igrejas e com novas ameaças para quando o Papa chegar. Há, mesmo, uma ameaça de fazer explodir uma bomba na batina do Sumo Pontífice.


Na origem dos protestos pode estar a nomeação, pelo Vaticano, de um Bispo que no Chile, dizem, pouco fez para evitar um caso de abusos sexuais.


Nos ataques de sexta-feira qua atingiram quatro igrejas e pontos diferentes da capital chilena foram deixados várias mensagens de ameaças e numa questiona-se os custos desta viagem numa altura em que os pobres “estão a morrer”.


Na igreja dedicada a Santa Isabel da Hungria a mensagem era nestes termos: “não nos submeteremos jamais ao domínio que querem exercer sobre os nossos corpos, a nossas ideias e atos, porque nascemos livres de decidir o caminho que queremos trilhar. Contra todos os religiosos e pregadores. Corpos livres, impuros e selvagens. Atacamos com o fogo do combate fazendo explodir a vossa asquerosa moral”.


O Santo Padre chega ao Chile na segunda-feira, 15, e ali permanece até quinta-feira, altura em que segue para o Peru, em mais uma etapa desta viagem apostólica que termina no domingo, 21.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)