DOM ARLINDO: É necessário “superar o limite da perigosidade”

Escrito por Editor JSN . Publicado em Nacional

Alerta do Cardeal cabo-verdiano veio na sequência dos novos casos de desaparecimentos de duas crianças na Cidade da Praia

 


O Bispo de Santiago, Dom Arlindo Furtado, renovou esta semana a sua preocupação com os sucessivos casos de desaparecimento de pessoas no País, e voltou a pedir um maior envolvimento de todos para pôr cobro à situação.


Numa reação à TV pública, na sequência do rapto de duas crianças, no passado sábado, 3, na Cidade da Praia, o prelado advertiu para a necessidade, “se possível” de se “recuperar a tranquilidade e a confiança” que Cabo Verde já viveu noutros tempos.


O Cardeal vai dizendo não se poder contentar apenas com a “gestão de uma situação perigosa” no nosso meio e indica ser necessário “superar o limite da perigosidade, reduzir a taxa de perigosidade” de modo a podermos viver “em segurança e numa liberdade efetiva”.


Desde agosto de 2017, pelo menos, cinco pessoas são dadas como desaparecidas, uma situação que está a indignar os cabo-verdianos.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)