DOM ILDO FORTES: Diário de Roma – 5.º dia da visita Ad Limina (quase no fim)

. Publicado em Opinião

A nossa Visita Ad Limina está prestes a chegar ao fim; amanhã (hoje, sábado) será o último dia, embora no domingo ainda haja um encontro convívio e Eucaristia com as comunidades dos nossos países residentes em Roma

 


O nosso dia (sexta-feira) começou com a visita ao Palácio da Secretaria do Estado; Monsenhor Mamberti, que esteve o ano passado em Cabo Verde para a assinatura do Acordo-Quadro entre a Santa Sé e Cabo Verde, a pedido dos bispos dos outros países que também desejam um Acordo semelhante, expôs quais os objectivos de um Acordo (Concordata) de natureza internacional: garantir a estabilidade ou o reconhecimento da Igreja no país, ou seja que ela tenha a liberdade de erigir paróquias, associações de fiéis, etc, e estabelecer ou definir áreas de colaboração a bem do povo, tais como educação, assistência espiritual a nível da saúde, pastoral do cárcere, etc. Não se trata de um privilégio para uma comunidade. De salientar que no Senegal a percentagem de muçulmanos é de 90 e tal % ou mais, na Guiné-Bissau, 45% e na Mauritânia, os cidadãos nacionais são todos muçulmanos, ou seja o país é totalmente islamizado. Também falamos de outros assuntos, como o Ébola, a violência em nome da religião, a “cultura na morte” em várias partes do mundo e organismos que procuram impor aos países pobres os seus planos em troca de dinheiro e fundos (p.e. no Quénia, sabe-se que a mando de alguns interesses internacionais, andou-se a vacinar mulheres dos 14 aos 46 anos, mas uma vacina para a esterilização das mulheres; os bispos desse país tiveram de fazer uma comunicação de indignação).


Com o Cardeal Tauran, aquele que em 2013 veio à janela da Praça de S. Pedro dizer: habemus papam quando foi eleito o Papa Francisco, tivemos a meio da manhã um encontro no Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso. Sua Eminência lembrou que é muito necessário hoje formar sacerdotes capazes de entrar no diálogo inter-religioso, sobretudo com o mundo muçulmano. O Islão cresceu rapidamente e nesse contexto, os cristãos, no diálogo que devem entabular não podem deixar de exprimir a sua fé e mesmo afirmá-la. O Cardeal lamentou que pela primeira vez na história, o Médio Oriente cristão tenha desaparecido, porque os cristãos tiveram de fugir; perdeu-se um património histórico e espiritual. Mundialização deveria ser respeitar as minorias, procurar a colaboração. Precisamos de caminhar juntos, no respeito recíproco, em direcção à verdade.


Apesar de não constar na agenda do dia, antes do almoço, tivemos a oportunidade de ser recebidos pelo Conselho Pontifício da Cultura. Este Conselho no fundo é um observatório da cultura. A Igreja deverá estar atenta e saber como transmitir o evangelho na cultura que existe hoje; tendo em conta que o secularismo e o ateísmo cresceu no mundo de uma forma galopante e tende a dominar as mentalidades e o pensamento actual. A Igreja em África, deve afirmar-se como sujeito de cultura, através das escolas, universidades, centros de cultura, etc. A Igreja é e será sempre inter-cultural.


Momento também significativo para nós hoje, foi a Missa na Basílica Papal de São Paulo e o momento de oração junto ao túmulo do Apóstolo São Paulo, uma das colunas fundamentais da Igreja. Em Roma venera-se particularmente Pedro e Paulo!


A Obra da Igreja (LÓpera della Chiesa), cujo carisma é ajudar o Papa e os Bispos na sua missão na Igreja e que nos tem dado um apoio extraordinário nas deslocações em Roma, ofereceu-nos no fim do dia uma Ceia na sua casa de S. Pedro Apóstolo. Esta Obra foi fundada pela Mãe Trinidade (Espanhola) que ainda vive e que sempre teve muito apoio do Papa São João Paulo II; ela conta com cerca de 2000 membros actualmente (consagrados, padres, famílias, crianças) e cerca de duas centenas de consagrados e consagradas.


A nossa Visita Ad Limina está prestes a chegar ao fim; amanhã (hoje, sábado) será o último dia, embora no domingo ainda haja um encontro convívio e Eucaristia com as comunidades dos nossos países residentes em Roma.


São Pedro, São Paulo e São João Paulo II que criou hoje (14 Nov 2003) a Diocese de Mindelo intercedam por nós!


Ildo Fortes | Bispo de Mindelo

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar