ALÍRIO CABRAL GOMES: tacv desrespeita autoridade aeronáutica nacional

. Publicado em Opinião

Aqui em SN, por exemplo, a agência continua a praticar os novos preços e ninguém de bom senso vai comprar um bilhete por 24.049$00 quando a AAC diz que ela (pelo menos ainda) não pode ser aplicada


A transportadora aérea nacional aumentou unilateral e abusivamente os custos dos bilhetes entre as ilhas e não quer corrigir o seu autoritarismo.

É isso que se pode depreender da atitude da tacv que ao início desta semana aumentou exponencialmente os custos dos bilhetes de passagens entre as ilhas (no caso de São Nicolau o aumento é na ordem dos 6 mil$) e reduziu o peso que cada passageiro deve transportar. Dos atuais 20 kgs, a tacv quer fixar apenas 15 para cada viajante.

Ora, aumentar os custos do bilhete de passagem e reduzir o peso das bagagens figura-nos uma medida sui géneris. É a tacv no seu melhor, metendo a mão na algibeira do cabo-verdiano.

Entretanto, a autoridade aeronáutica civil veio ao terreiro tomar conta deste “abol” e mandou a transportadora voltar à situação anterior, mas esta desrespeita tal medida e recusa-se a atualizar o seu sistema de vendas. Desrespeita porque a situação continua tal e qual (e hoje já é quinta-feira, 21), com os gritantes aumentos.

Aqui em SN, por exemplo, a agência continua a praticar os novos preços e ninguém de bom senso vai comprar um bilhete por 24.049$00 quando a AAC diz que ela (pelo menos ainda) não pode ser aplicada, devendo manter os cerca de 18 mil, de per si altos, diga-se.

A tacv quer à força implementar novos custos de viagens numa conjuntura que todos sabem não ser favorável, enquanto os “boss” da empresa encaixam valores exorbitantes entre salários e outras benesses.

Como disse alguém, enquanto a Cuba procura abrir-se ao mundo nós daqui, com o patrocínio da tacv e face ao silêncio ensurdecedor do governo, estamos a fechar em copas.

O pior de tudo isto é que não temos alternativas. Não há concorrência para a tacv e barcos são o que são. E perante isso, a tacv abusa, escarneia e vai reinando com os seus ditadores de serviço pagos com os nossos impostos. Triste!

 



Alírio Cabral Gomes | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar