MIGUEL MONTEIRO: Emprego: o que os dados do INE dizem?

. Publicado em Opinião

Mais, ocorreu uma explosão de inativos, que durante o período de 2010 a 2014 aumentaram em 20.007! Aqui é importante recordar que nestes 20.007 estão incluídos os chamados jovens "desencorajados"

 

Muito se tem especulado nos últimos tempos, sobre o facto da ministra Janira Hopffer Almada ter apresentado a proposta dos jovens irem vender canja e pastel (ou seja djuguta)...

No meu entendimento, tão ou mais importante que saber se realmente as suas propostas para debelar o desemprego se restringem a pasteis e canja, é fundamental saber se ela, enquanto ministra da juventude e emprego, está do lado do povo…

Aqui é importante relembrar que em Março de 2011 JHA foi nomeada ministra da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos Humanos, através do Decreto Presidencial n.º 8/2011, de 19 de Março (B.O nº 10, 2º SUP, I Série de 19 de Março).

E foi perto dessa altura que saíram os dados do INE, relativamente ao CENSO 2010, os quais incluíram dados sobre o emprego, e por isso podemos dizer que em 2011, quando tomou posse na pasta do Emprego, o desemprego atingia 21.168 cabo-verdianos, representando uma taxa de desemprego de 10,7%. Já em 2014, os cabo-verdianos desempregados eram 34.327.... Ou seja, com JHA a liderar a pasta do Emprego, o desemprego disparou 62,2%!!!

Mais, ocorreu uma explosão de inativos, que durante o período de 2010 a 2014 aumentaram em 20.007! Aqui é importante recordar que nestes 20.007 estão incluídos os chamados jovens "desencorajados", que não aguentaram o ano e cinco meses de desemprego médio, e por isso desistiram de procurar emprego!

No prazo de 4 anos, enquanto a população ativa aumentou 9,4%, a população inactiva aumentou 14,5%... Enquanto a população empregada aumentou 3,1%, a população desempregada aumentou 62,2%...

De 2010 a 2014 a população sub-empregada (vulgo população que DJUGUTA) sofreu uma diminuição de 12,9%, passando para cerca de 55.000 cabo-verdianos.

Resumindo: com base nos dados do INE, ninguém pode dizer que JHA fez um bom trabalho no ministério do Emprego!!! Não são só as propostas de JHA que são fraquinhas… os resultados são também fraquinhos, fraquinhos!!!

 

 

Miguel Monteiro | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar