ALIRIO CABRAL GOMES: O ódio do paicv

. Publicado em Opinião

António Soares e o paicv por estas bandas não têm moral para criticar, tão pouco para exigir. Até parece que o ex- presidente é um exemplo de homem cortês. Até parece que ele não costuma beber e muito

 

 

Desde há muito que o paicv elegeu a difamação, a calúnia e o ataque a personalidades do MpD como uma estratégia para recuperar o poder. Em São Nicolau tem sido assim desde que o paicv perdeu a Câmara do Tarrafal. Qualquer ataque, qualquer calúnia serve. O importante é difamar. O paicv nutre cada vez mais um ódio visceral pelo MpD e seus dirigentes.

Ora, a última posição pública do paicv em São Nicolau – depois de um tempo vacante – veio precisamente um dia depois da realização do festival de música da Praia d’ Tedja, um dos pontos marcantes da programação do 10.º aniversário do Município. Naturalmente que a malta do paicv esteve a torcer para que a agenda desse por torto, mas para sua fúria as coisas correram lindamente, com o povo a avaliar de forma muito positiva a programação. Mas o paicv não se conformou com esse sucesso, por isso mal terminou o festival a companhia António Soares pôs no terreno a sua campanha de difamação. Difamar por difamar, simplesmente. É o paicv a desfilar o seu ódio visceral, coisa que muito bem sabe fazer.

O chefe da companhia entra diretamente na difamação

Já não constitui surpresa para nós a forma baixa, repugnante e venenosa como o paicv vem fazendo política por estas bandas, com recurso a difamação. A calúnia e a mentira estão presentes, sempre. Desta feita, entretanto, não há mensageiro nem marioneta: é o próprio chefe da companhia que vem à liça. Ele mesmo que hipotecou o futuro deste Município, que praticou uma gestão que o povo do Tarrafal condenou, um homem que enquanto presidente promoveu a mesquinhice e dividiu os tarrafalenses em melhores e piores filhos, um presidente que privilegiou o negócio obscuro/familiar e vem agora falar em ‘gestão calamitosa’ (?), pudera!


Também por isso o povo do Tarrafal chumbou António Soares ao fim de apenas um mandato na Câmara. Mas António Soares já está habituado a derrotas, afinal, a de 2012 foi apenas a sua terceira derrota. Ele é o candidato com mais chumbo nas costas na história da Democracia em Cabo Verde. É um recordista neste aspeto e prepara-se para a sua próxima e derradeira derrota, na medida em que a sua campanha é a conteúdo, sem propostas e soluções, mas sim com ataques a pessoas e apetrechada de leviandades.

O António Soares e o paicv por estas bandas não têm moral para criticar, tão pouco para exigir. Até parece que o ex- presidente é um exemplo de homem cortês. Até parece que ele não costuma beber e muito. Tenta enganar os incautos que não bebe quando todos sabemos que ele próprio tem graves problemas com o álcool. Alguém se lembra do final da campanha de 2012, em que ele mandou os seus apoiantes calar em pleno comício…? Efeito de…


Mas como o paicv prefere coisas baixas, quiçá do nível da sua liderança, é até capaz de vir com essa leviandade de “fazer xixi na via pública” ou de “indícios de embriaguez”. Só uma mente perturbada pode pensar coisa do tipo e tomá-la como verdade. Isto espelha, claramente, a fome do poder e a ganância que o paicv tem em desestabilizar quem governa. Qualquer ataque serve.

Termino com esta nota. O ex- presidente que foi colocado na ENAPOR num claro pagamento de favores políticos, continua a desprezar a Instituição Câmara e seu Presidente e a promover o desrespeito a uma Autoridade.

O homem que nunca dignificou o cargo a que foi eleito em 2008, depois de afastado pela força do voto do povo em 2012, nunca mais apareceu num ato público da Câmara. Este ano, por exemplo, não esteve em nenhuma atividade que assinalou os 10 anos do Município do Tarrafal. Não foi ao festival de atum nem ao festival Praia d’ Tedja e não foi a nenhum evento público. Parece que ele deseja mal à Câmara, só para tentar ter alguma chance de voltar mas o povo é esperto.

 


Alírio Cabral Gomes | Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar