Nelson Brito enaltece visão descentralizadora do Governo do MpD

. Publicado em Política e Cidadania

Ao JSN, o parlamentar destaca a visão descentralizadora para o País e diz que o Governo do MpD tem ainda uma carteira de investimento na ordem dos 170 mil contos para São Nicolau, no âmbito dos fundos do Turismo e do Ambiente

 




O Governo do MpD tem uma visão “descentralizadora” que promove o reforço dos municípios enquanto poder mais próximo das pessoas. A tese é do deputado da Nação, Nelson Brito, que em declarações ao JSN congratulou a recente decisão do Executivo de Ulisses Correia e Silva de dotar a ilha de São Nicolau de meios financeiros na ordem dos 72 mil contos.

 

Num exclusivo a este Jornal, o parlamentar eleito por São Nicolau observa que “ao contrário do que se fazia na governação do PAICV”, o MpD enquanto Governo da república pauta sua conduta por critérios de “previsibilidade” e “transparência”.



Previsibilidade porque os municípios “sabem o que podem contar do Governo” no horizonte 2017/2021 e transparência porque “está publicado no B.O e abrange todos os municípios” do País, observou.



Nelson Brito comenta que esta forma de governação desenvolvida pelo seu partido permite às próprias autarquias programarem os seus investimentos. Conforme diz “não importa” saber a cor política de uma autarquia para se contar com apoio do Governo central.



Em termos de projetos plurianuais para São Nicolau, informa o deputado da Nação, destaca-se a promoção do carnaval como produto turístico da ilha, a criação da casa da morna, em Praia Branca, a melhoria da acessibilidade a Carbeirinho – uma das sete maravilhas de Cabo Verde -, a manutenção/recuperação de caminhos vicinais, a melhoria de condições sanitárias em Fragata, a requalificação da avenida Praia d’ Tedja, a requalificação da zona de Escada, o investimento no desenvolvimento do turismo rural, a requalificação urbana das cidades da Ribeira Brava e Tarrafal, a valorização do património construído em Ribeira Brava, a reabilitação do aterro de lixo do Tarrafal, a transferência de pocilgas, a correção torrencial da Cidade da Ribeira Brava, projetos que no dizer do parlamentar representam um investimento na ordem dos 170 mil contos até 2021. “Naturalmente que haverão mais parcerias entre o Governo e os municípios noutros âmbitos além dos fundos” do ambiente e turismo, perspetiva.



Nelson Brito é categórico e diz mesmo que existem “diferenças” na forma de governação do PAICV e do MpD. Temos um “reforço enorme de verbas”, enfatizou.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)