Mulher que levou droga no “Liberdadi” fica com TIR

Escrito por Editor JSN . Publicado em Regiões

Tribunal de São Filipe aplicou termo de identidade e residência e interdição de saída do País à jovem Carla Andrade que transportou crack, da Praia para o Fogo

 



Carla Andrade, 28 anos, moradora em Patim, interior de São Filipe, na ilha do Fogo, foi surpreendida no passado fim-de-semana, ao desembarcar no porto Vale dos Cavaleiros, com 25 pedras de crack.


A jovem foi apanhada por uma operação de rotina realizada pela brigada de investigação criminal. Na ocasião justificou que se tratava de uma encomenda que levava a pedido de um amigo.


Apresentada ao poder judicial, o tribunal, para além de aplicar-lhe TIR, proibiu a mulher de ausentar do País e terá que apresentar periodicamente na esquadra de São Filipe.


Uma outra pessoa que teria ajudado Carla a carregar as bagagens foi também autuado pelo tribunal que aplicou-lhe medidas semelhantes à alegada correio.

 

 

 

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)