Exclusivo - presidente do LEC fala ao nosso jornal sobre derrocada do prédio no Tarrafal

. Publicado em São Nicolau

O Presidente do Conselho de Administração (PCA) do Laboratório de Engenharia Civil (LEC) disse ao Jornal de São Nicolau que do prédio que desabou na última sexta-feira, 13, apenas se salva o rés-do-chão. Ainda antes da conclusão do relatório, que deverá estar pronto dentro de trinta dias, esta é para já a primeira avaliação da equipa de técnicos de várias instituições (na foto) que esteve no Tarrafal até à noite desta quinta-feira, 19.

Entretanto, a Câmara Municipal já notificou o proprietário para proceder à recolha dos escombros. A autarquia aguarda agora que este apresente um plano de remoção e, logo que aprovado, os trabalhos terão início, o que deverá acontecer nos próximos dias. A decisão foi tomada pelo edil local, José Freitas de Brito, depois de uma reunião com a equipa técnica dirigida pelo PCA do LEC, porquanto “há muitos escombros e são materiais de betão e ferro, por isso todo o cuidado é pouco”.

Já para Jair Rodrigues, que garante apresentar o relatório dentro de um mês, “o importante agora é apurar falhas e não culpados”, já que o acionamento de eventuais responsabilidades criminais é para outras instâncias que não o Laboratório de Engenharia Civil.

Jornal de São Nicolau - A CÂMARA DO TARRAFAL NOTIFICOU O PROPRIETÁRIO PARA APRESENTAR UM PLANO DE REMOÇÃO DOS ESCOMBROS. ISSO IMPLICA O QUÊ? A DEMOLIÇÃO DO PRÉDIO OU VÃO MANTER-SE OS DOIS PRIMEIROS PISOS?

Jair Rodrigues - Não, o relatório ainda não está pronto mas eles vão retirar a parte que ruiu, a cobertura toda.

OS DOIS PISOS SUPERIORES…

… sim, mas também o primeiro piso, só fica o rés-do-chão.

QUE ERA, ALIÁS, AQUELE QUE JÁ ANTES DO PRÉDIO RUIR DAVA UMA SENSAÇÃO DE MAIOR SEGURANÇA.

É, pois.

É UM BOCADO ESPECULATIVO ESTAR A IR POR AÍ, MAS O QUE É QUE PODERÁ ESTAR NA ORIGEM DA DERROCADA, UM CÁLCULO ERRADO DO PONTO DE VISTA DA ANÁLISE DA ESTRUTURA DOS MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO?

Ainda é cedo, nós já analisamos o projeto, fizemos inspeção interna e externa ao edifício, vão ser enviadas partes do pilar e da viga ao laboratório para analisarmos a resistência do betão e do aço para avaliar a qualidade da construção. Mas também temos uma cópia do projeto e estamos a analisá-lo peça a peça. No relatório vamos fazer todas essas considerações, ainda é cedo para dizer qual foi a causa da derrocada do edifício.

E, DO PONTO DE VISTA LEGAL, O LABORATÓRIO DE ENGENHARIA CIVIL TEM COMPETÊNCIAS PARA ACIONAR EVENTUAL PROCEDIMENTO CONTRA OS RESPONSÁVEIS PELA DERROCADA?

Nós vamos fazer um parecer técnico do edifício, o que poderá vir depois vai depender de outras entidades. Por isso é que levamos connosco a Inspeção-geral de Construção Imobiliária, a Ordem dos Engenheiros que terá uma palavra a dizer, a Câmara e o pessoal do Ordenamento do Território e a Direção-geral de Infraestruturas.

comments

Comentários (0)

Cancel or

Comentar


Código de segurança
Atualizar

Edição em papel

Brevemente disponível
para download em PDF
(Gratuito)